• 2 colheres de sopa de manteiga
  • 1 cebola
  • 500g de mandioquinha (batata baroa)
  • 1L de água
  • 1 tablete de caldo de legumes
  • 80g de gorgonzola
  • sal e pimenta do reino a gosto

Na terça falei pra vocês sobre o Creme de Palmito e como eu gostava na minha infância.

Preciso confessar que não me lembro bem quando foi que comecei a gostar de mandioquinha, mas recordo que pra mim ela ainda se chamava batata baroa! Acho que comi pela primeira vez provando o purê de alguém… mas é só o que vem em mente.

O que posso falar com certeza é da primeira vez que servi essa sopa!

Há poucos anos recebi alguns amigos da faculdade em casa e resolvi fazer esse creme como aperitivo. Não servi em prato de sopa ou em um dos bowls que vocês já viram aqui. Como a proposta era ser só um aperitivo, servi em copinhos de cachaça com um quadradinho de gorgonzola sobre cada copinho. Foi um sucesso! Repetiram a dose mais de uma vez.

De lá pra cá não parei mais de fazer essa delícia! Esse creme foi uma das receitas servidas no evento da adidas White Space Project! Essa receita, junto com a Sopa de Cebola, são hoje minhas favoritas!

 

*o rendimento e o tempo de preparo estão sempre descritos no topo direito desta página ;)

 

Modo de preparo:

  • Em uma panela, derreta a manteiga e frite a cebola até ficar transparente.
  • Acrescente a mandioquinha e refogue por aproximadamente 3 minutos.
  • Adicione a água, o caldo de legumes e misture.
  • Deixe fervendo até a mandioquinha ficar macia.
  • Desligue o fogo e, com um mixer, triture a sopa até virar um creme espesso.
  • Tempere com sal e pimenta do reino a gosto e misture.
  • Sirva em potinhos com um pouco de gorgonzola salpicado em cima.