6 Dicas Para Tratar a Disfunção Erétil Naturalmente

disfunção erétil pode ser difícil para os homens e causar algum constrangimento ao falar com um especialista. Existem medicamentos que são relativamente seguros, mas podem causar possíveis efeitos colaterais, como dores de cabeça ou nas costas. 

De acordo com um artigo da Harvard Health, há homens que não querem que sua vida sexual dependa de drogas e há até casos em que eles não podem tomá-las por outros problemas de saúde, como pressão arterial. 

Nessas situações, especialistas da prestigiosa instituição americana destacam caminhos naturais apoiados por estudos para homens para controlar a disfunção erétil e aumentar sua vitalidade enquanto melhora sua saúde em geral.

Além das dicas abaixo, os estimulantes naturais como o sildenax ajuda bastante a aumentar o desempenho sexual em homens e em mulheres também.

  • Fazer exercício 

A pesquisa mostrou que o exercício regular é um dos melhores medicamentos naturais para o tratamento da disfunção erétil.  

Um estudo com quase 32.000 homens com idades entre 53 e 90 anos descobriu que atividades físicas vigorosas frequentes, como correr três horas por semana, foram associadas a um risco 30% menor de disfunção erétil em comparação com aqueles que faziam pouca ou nenhuma atividade. 

  • Comer bem

Desfrute de uma dieta rica em frutas, vegetais, grãos inteiros e peixes, enquanto reduz o consumo de carnes vermelhas, alimentos industrializados e cereais refinados. 

  • Cuidado com a deficiência de vitaminas

A falta de vitamina B12, encontrada nas amêijoas, salmão, cereais fortificados, pode danificar a medula espinhal e causar um curto-circuito nos nervos responsáveis ​​pela sensação, além de transmitir mensagens às artérias do pênis. 

No caso da vitamina D, obtida a partir de alimentos como leite, iogurte, ovos, entre outros, a falta dela pode aumentar em 30% o risco de disfunção erétil. 

  • Controle sua saúde vascular

O aumento da pressão arterial, não controlando os níveis de açúcar, colesterol ou triglicerídeos leva a problemas de saúde vascular. 

É importante determinar se o sistema vascular, incluindo o coração, o cérebro e o pênis, está em boa forma ou precisa de ajustes por meio de mudanças no estilo de vida e medicamentos, se necessário. 

  • Emagrecimento

A obesidade aumenta o risco de doenças cardiovasculares e diabetes, duas das principais causas da disfunção erétil. De acordo com a Harvard Health, o excesso de gordura pode manipular vários hormônios que contribuem para esse problema. 

  • Visite seu dentista

Um estudo publicado no The Journal of Sexual Medicine encontrou uma associação entre doenças gengivais e o risco de disfunção erétil. A doença gengival causa inflamação crônica, que se acredita danificar as células endoteliais que revestem os vasos sanguíneos, incluindo os do pênis.

Esta é a pedra chinesa que rejuvenesce você por 10 anos